Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

4 de outubro de 2007

palavras

Me sento aqui e conto quantas palavras são necessárias para descrever as minhas lágrimas. E quantas serão necessárias para navegar nos oceanos que elas inundam? Quantas palavras são necessárias para descrever os sentimentos?
Hoje conto palavras porque já contei os anos que são necessários para viver os meus sonhos.
E antes disso contei décadas para saber quem era mesmo o eu que sou.
Afinal de contas a gente conta, contando que a vida nos dê tempo de ter tempo para tudo.



Sanzalando

7 comentários:


WebJCP | Abril 2007