Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vou de férias e ao silêncio
recomeça o futuro sem esquecer o passado

22 de outubro de 2007

vou de férias e ao silêncio

Tou numa de achar que um dia a coisa vai dar certa para mim. Não, não estou a ser injusto com o que eu já tive.
E tu sabes o quanto estou agradecido ao que já tive!
Mas tem alturas... que a gente quer mesmo é mais. Eu não sou do género de gente que é todo sorriso e gargalhadas e depois na solidão arranca os cabelos, aperta o pescoço e se injuria dos cabelos aos pés. Eu sou assim tal e qual, sem maquilhagem, sem plásticos formantes ou deformantes.
Transparentizo-me quando te falo. Redondamente!
Estou mesmo numa de achar que este ano eu fui assim como um enteado da vida que se enlatou num molho de vinagre e se aqueceu em banho-maria à espera de dias melhores.

Depois de vários anos de aqui estar num quase diariamente a falar-te as palavras, que me são ditas quer pelas ondas do zulmarinho quer as que eu digo depois de as amadurecer no meu coração, acho estou a mercer, e a precisar, de umas férias graciosas em terrenos do silêncio.

Daqui a uns quinze dias, mais coisa menos coisa, eu estarei de volta a dizer-te novas palavras, ou não.


Sanzalando

8 comentários:


WebJCP | Abril 2007