Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: quando se trata de ti
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de novembro de 2007

quando se trata de ti

Aqui vou caminhado por ruas e vielas de pensamento ao sabor da claridade da imaginação, abrigado dos ventos da tristeza e das chuvas da depressão. Aqui vou eu caminhando disfarçado, umas vezes de nostalgia outras de insensível existência de ser.
Aqui vou eu caminhando pensando em ti e em dedicar-te alguma coisa. Mas que dedicar-te-ei?
Quando se trata de ti não é falar umas quantas palavras, escrever um livro, caminhar sobre estrelas, ultrapassar oceanos e percorrer milhas de lágrimas, não é construir um mundo novo, não é lutar-te cada dia como me mereces, não é salvar minha alma de pecador que eu me sinto satisfeito.
Quando se trata de ti não é importante salvar a minha alma de ti, maldita bênção que me atingiste o coração, nem saber que não te posso abraçar neste momento.
Quando se trata de ti é-me suficiente sentir que te amo.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007