Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Amor e o segredo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

20 de dezembro de 2007

Amor e o segredo

Me sento aqui como me tenho sentado noutros dias, agarrado a recordações e a sonhos, devaneio de palavras e silêncios de respostas. Aqui sentado não me chega o ruído. Nenhum. Aqui tenho a tranquilidade de caminhar por frases feitas e por parágrafos a construir. Aqui sentado vivo o meu sonho sem os espinhos, a hipocrisia, a irresponsabilidade, o medo, a trovoada e a inveja da realidade.
Aqui sentado marco o teu número secreto no meu telemóvel abaixo da gama e ouço o intermitente pi de erro da marcação. Remarco uma e mais vezes. O erro é constante.
Aqui sentado esboço um sorriso enquanto olho o mostrador que me diz erro de marcação.
Com o telefone sem ligação te dirijo palavras em sussurro como se tivesse medo que aqui alguém me escutasse.
Mas afinal de contas porque as palavras de amor devem ser ditas em segredo?
Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007