Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: como na primeira
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de janeiro de 2008

como na primeira

Me disseram que se eu repetisse muitas vezes uma palavra ela deixava de ter sentido.
Eu, carregado na minha esperança dum dia voltar a ter a minha vida, quando só eu me ouvia, repeti o teu nome uma quantidade inumerável de vezes. As vezes que eu consegui manter-me fónico, as vezes que eu pensei serem necessárias para que deixasses de ter significado, para que fosses um nada em mim.
Mas tudo continuou igual, como se eu tivesse só dito uma vez, a primeira.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007