Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: olhares sonolentos
recomeça o futuro sem esquecer o passado

2 de maio de 2008

olhares sonolentos

Hoje pareceu-me ver-te ao acordar.
Já sei: sou eu a buscar-te, embrenhado em ideias e filosofias dialécticas, rebeldando-me contra a tua ausência de mim convencendo-me que não existes.
Já sei: entre consciências e objectos de ciência antiga confirmo-me que és mais uma realidade do sonho.
Já sei: em lugares de amores existenciais em áreas de vazio extremo busco-te na reflexão.
Afinal de contas ainda me falta passar esta e outra ponte.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007