Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: caminho
recomeça o futuro sem esquecer o passado

31 de julho de 2008

caminho

Caminho sereno na tranquilidade da minha consciência. Mastigo uma palavra, saboreio uma frase e engulo uma ideia. Assim num pouco a pouco vou construindo o meu caminho, a minha estrada, rampa ingreme da vida.
Ouço o zulmarinho a se espraiar num marulhar calmo de um dia em que me manda poucos recados vindos de desde lá do início dele.
Gagueijo palavras mentais, soletro palavras inaudíveis. Às vezes emudeço para ouvir o silencio de retorno.
Caminho sereno
Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007