Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Logo hoje
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de julho de 2008

Logo hoje

Aqui estou a tentar ver-me no reflexo deste zulmarinho que hoje está sem paciência de brincar. Apresenta-se revoltado, atirando-se com toda a força contra a areia se enchendo de espuma branca e carregando de areia quem ali fica especado a tentar medir as forças. E logo hoje que eu queria lhe usar para fazer um quadro, usar sua água como se fosse tinta, usar minhas mãos como se fossem pincéis. E logo hoje que eu queria fazer pinceladas de ternura, desejo e paixão. E logo hoje que eu queria desenhar-te um coração dentro de ti, usando os meus dedos para rabiscar carinhos.
Logo hoje que eu me sinto um arco-íris.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007