Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Delirando
recomeça o futuro sem esquecer o passado

19 de agosto de 2008

Delirando

Vou buscar o zulmarinho. Sinto-me ansioso, preciso lhe ouvir o marulhar, preciso lhe ver a espuma branca se espraiar, preciso de sentir a maresia me entranhar.
Vou buscar o zulmarinho.
Estou cansado de guardar as palavras que me grita o coração. Eu sei que ao calar-me tenho a liberdade de as mudar quando me apetecer, de chorá-las, gritá-las no meu silêncio de raiva. Mas ao calar-me os meus espaços errantes se acabam.
Eu quero a liberdade de poder ouvir as tuas palavras, dizer-te as minhas, ouvir o cair da noite ou o romper da aurora. Eu quero a liberdade de poder ocultar-me.
Vou buscar o zulmarinho e lhe ouvir as mucandas, ouvir as canções das kiandas. Vou-lhes buscar ainda.

Sanzalando

3 comentários:


WebJCP | Abril 2007