Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Disquei-te
recomeça o futuro sem esquecer o passado

7 de janeiro de 2009

Disquei-te


Disquei na minha mente o teu número de telefone, como se tu tivesses um número só para mim. Queria dizer-te todos os meus sentimentos num soletrar de palavras na forma de num eventual cruzamento de linhas não ficar um equívoco pairando no ar. Queria ler-te o meu pensamento sublinhando a parte mais sensível.

Queria dizer-te o mal que nos fizemos, aflorar a doença que nos infligimos, queria traduzir-te o desespero das lágrimas secas que te choro.

Voltei a discar o número que tu tens só para mim.

Insisti tantas vezes que cheguei à conclusão que afinal não tenho o teu contacto e por isso desliquei-me num embrulhar de quem foge do frio.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007