Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: olhos de mar
recomeça o futuro sem esquecer o passado

16 de março de 2009

olhos de mar

Cá estou eu de olhos no mar. Quem me vê deve pensar que eu caminho adormecido nas ilusões dum sonho pincelado de maresia, desenhado em riscos ausentes, apagado de cores, de formas e estruturas. Mas eu tenho os olhos no mar para poder ver as luzes das minhas sombras, contemplar os dias de um ontem projectado num amanhã.
Tenho os olhos no mar para poder dormir sobre o abismo da ausência material na minha alma da harmonia do teu corpo desenhado mulher dos meus sonhos.
Olho no mar porque não tenho olhos cor de mar. Olho no mar porque tenho as minhas lágrimas com sabor de mar.
Um dia, longe ou perto, já não me preocupa, eu vou estar com os olhos de mar, no teu mar e te direi baixinho que vou te amar.
Até lá, com os olhos no mar, eu vou te ver sempre que fechar os meus olhos, sempre que soprar uma brisa de sabor a mar.
Acho mesmo que eu sou os olhos do mar.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007