Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: um beijo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

15 de março de 2009

um beijo

Me sento neste mar sem lhe tocar. É, não quero ficar congelado. Fico apenas maravilhado com o seu azul. Azul de mar. Simplesmente assim e assim vou tomando consciência da inconsciência com que tento beijar os lábios do princípio do vazio. Pouco a pouco este mar te vai dando consciência da minha existência, te vai dizendo a suavidade da minha pele, o aveludado da minha ternura e a doçura do meu carinho.
Na verdade, com este mar azul fresco, eu vou sentindo a força para te esperar no automatismo em que a minha consciência toma conta da inconsciência deste amor.
Hoje, não sei se é pela cor se é pela calma deste mar, mas o que me apetece é mesmo compartilhar um beijo contigo, sem importar a distância que nos separa.
Afinal de contas os teus beijos sempre se fundiram em mim.



Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007