Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: à noite
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de junho de 2009

à noite

Quando chega a noite te escondes na escuridão, me envolves no teu manto de saudade, me perfumas de fantasma e eu inconscientemente te procuro num perdidamente desespero. Recordações efervescentes de imagens ardentes, momentos, impulsos, todas as sombras me regressam à memória como que se tivessem medo de serem esquecidas.
À noite, no silencio da escuridão te vivo nas estrelas da minha imaginação

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007