Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: hoje não existo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

11 de outubro de 2009

hoje não existo

Se eu pudesse gritar, chorar, rir e enlouquecer era feliz, mesmo carregando nas costas o peso dos sonhos e um ou outro pesadelo. Até era capaz de ver um pouco mais claro mesmo nos dias de muito cacimbo. Acho que está na hora de dar forma à minha louca loucura. Mas como é que vou formar um desenho que ainda não pensei, construir o seu esqueleto se eu não deixei ainda amadurecer a forma?

Acho mesmo deixar acentar o pó da loucura e ver se a vontade, como das outras vezes, passa.

Hoje vou sonhar em não fazer nada e deixar um ou outro neurónio desatar a voar por mim fora como quem não quer nada.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007