Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: porque é hoje
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de outubro de 2009

porque é hoje

Hoje acordei e disse-me que era a última garrafa que eu ia atirar ao mar com o último recado.

Quantos recados escrevi?

Quantas visitas recebi?

Qual o resultado prático?

Tudo porque hoje não sonhei e parece que não me apetece sonhar. Até dá ideia que o barco em que tenho viajado se afundou num mar de realidades, entrou numa tempestade de trovoadas mentais. Ou até pode não ter sido nada disto e apenas me faltar a garrafa onde pôr a mensagem escrita com as palavras que sonhei num dia menos bem.

Na verdade fui sonhando sonhos, criando listas de palavras que diariamente vou enviando mar fora. Uma chega, outra não. Não contabilizei em caracteres, lágrimas e silêncios. Sonhei, falei e escrevi sempre que me apeteceu.

Hoje faltam-me as palavras ou apenas onde as guardar.

Hoje… apenas porque é hoje e não sei o que é amanhã.

Não, não me esqueci de ti. Não tenho é palavras para te dizer, nem uma garrafa onde as possa guardar, nem um papel onde as possa escrever para não me esquecer um dia de te dizer que te amo.

Hoje não te dou nenhum recado nem te conto nenhum sonho.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007