Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Instantes (8)
recomeça o futuro sem esquecer o passado

20 de novembro de 2009

Instantes (8)

Sempre me disseram que a aventura da vida era bonita e merecia a pena ser vivida. Só que nunca me disseram que às vezes doi. Doi quando sofremos desgraças mesmo que essas sejam a felicidade de outras. Na verdade ela não olhava para mim e via outros. Eu dorido odiáva-os silenciosamente nesses instantes.

Doi quando nos deixam no silêncio dos sentimentos vazios, recolocados num lugar secundário, na insignificancia da quase inexistência. Afinal de contas eu era tão transparente que ninguém me via.

Mas eu tinha de ter força para ultrapassar todas essas dores e esperar que um dia o dia ia sorrir para mim, eu ia ver o que eu sempre quis ver, eu ia sentir o que sempre desejei sentir. Mas um dia, assim num instante, mudei de ideias e as dores passaram a ser outras, os olhos passaram a ver doutra forma.

Enfim, doi por instantes ter instantes.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007