Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: saudade de futuro
recomeça o futuro sem esquecer o passado

18 de janeiro de 2010

saudade de futuro

Instantaneamente me sento num canto do meu dia e deixo rolar-me por entre pensamentos e dores. Fui ao Polo Norte e fui ao Polo Sul num instante para não perder tempo em divagações internas, em lágrimas de sabor a nostalgia, em euforias com um gosto amargo à desistência de sentido, despacientemente gritando silêncios de raiva egocêntrica. Num instante viajo por mim fora como a querer fugir de me enamorar mais perdidamente por ti e entre juras de amor e de dor eu te diria que piores dias poderiam vir. Num instante sinto vontade de abandonar-me, fugir de mim, deste frio gélido em que me enrolo e saltar aos ventos até caminhos quentes que tragam o teu perfume, a tua tempestade presencial. No mesmo instante voltei a mim e afinal de contas pouco importa que me olhem de dentro de carros de ar aquecido e me vejam tilintar de saudade de futuro.



Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007