Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: no alto dos silêncios
recomeça o futuro sem esquecer o passado

2 de março de 2010

no alto dos silêncios

Sigo os meus silêncios como se estivesse a cumprir uma qualquer promessa, uma recordação, uma memória. Tento dentro do silêncio descansar ainda que as recordações parecem que duplicam, ainda que as imagens memoráveis se projectam com mais intensidade na tela do pensamento. Neste silêncio absorvo o fumo do cigarro que não fumo, saboreio o vinho que não bebi, e apanho os raios de sol que não apareceu por hoje. Vagueio-me de silêncio em silêncio como quem quer viver eternamente neste silenciado instante. Não, não me escondo no silêncio, vivo-o. Se eu fosse um pássaro, subia alto nos céus para em silêncio me rever nos passados da memória.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007