Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: em fim de tarde
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de maio de 2010

em fim de tarde

Me deito na areia que não está a escaldar porque hoje o sol se esqueceu de vir brilhar para estes lados. Mas durante a noite deve ter estado vento porque lhe alisaram as dunas que hoje parece não tem. Deitado, barriga disforme apontada para as nuvens, que lá em cima me servem de tecto, entre cobrindo o sol de modo que eu posso ter os olhos abertos, vou desfilando pensamentos, alinhavando ideias e esboçando sonhos.
Um dia, qualquer dia ainda não vivido, eu vou receber a surpresa de ter a surpresa de viver um sonho sonhado, de ver tomado de vida uma ideia ou de sentir criar corpo um qualquer pensamento pensado num momento assim como este.
Deitado assim, me deixo levar num adormecer acordado de fim de tarde em direcção ao sul, que fica para um destes lados.


Sanzalando

4 comentários:


WebJCP | Abril 2007