Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: por ali
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de maio de 2010

por ali

Por detrás da porta da minha imaginação, guardado no silêncio da alma, esperando despido um sinal teu, existo numa vida que não é a minha.
Por vezes, quase morto de frio, gelado de esperas absurdas, me apatece vestir e rumar a outros rumos que numca planeei. Mas sempre volto ao santuário da tua imagem no meu coração, ao perfume que emanas e que eu decorei um dia para mais tarde esquecer e até hoje não o consegui, ao calor aquecido do teu corpo que não vi mais vezes porque os meus olhos teimam em serem assim.
Afinal de contas, há momentos que me fazem hesitar, se sigo a alma ou sigo o sangue. Um dia vou saber e voltar a ser feliz.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007