Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: me deixo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de setembro de 2010

me deixo

Me deixo embalar no vazio, talvez porque as minhas ideias hoje estejam pintadas de preto transparente e eu não consiga ver a claridade de amanhã ou talvez seja pelas minhas inseguranças em relação ao rigido mundo que me rodeia.
Se calhar a minha fortaleza é um castelo de papel e a minha vulnerabilidade arde num acender de fósforo.
Me deixo enterrar na tristeza porque não tenho a tua mão a quem dar a minha, não tenho o teu perfume para me envolver nesse manto de odor ,nem tenho o teu respirar sereno e ritmado para me acalmar.
Apenasmente me deixo embalar neste Domingo de não sei quem.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007