Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: desisti de envelhecer
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de outubro de 2010

desisti de envelhecer

Me enrolo na areia brincando como quando era criança. Faz conta eu assim não vou chegar a mais idade, àquela idade em que a gente pensa que sabe tudo e resmunga e teima e ainda por cima pensa que tem sempre razão. Eu não quero ser amigo da idade. Eu não vou querer ouvir dizer aquele senhor de idade quando estão a falar de mim, eu não vou querer ser o resistente das ideias novas que julga que me vão atirar para um canto como quem pega um jornal velho para limpar uma janela.
Me enrolo na areia com a mesma gargalhada que descobri faz tempo nos filmes de 8 mm dum cinema de antigamente que era em mudo e a preto e branco. Me atiro na água da mesma forma, mas mais volume como fazia quando pensava era homem pássaro a entrar nesse de zulmarinho a dar para o frio.
Me enrolo na areia como que a relaxar dum dia de descanso mesmo que tenha trabalhado que nem um escravo, que me doa o corpo do reumático, a cabeça da falta de vista, a respiração seja ofegante como se estivesse corrido centenas de quilómetros sentado numa secretária a atirar postas de pescada.
Me enrolo na areia, apenasmente porque desisti de envelhecer como os outros da minha idade.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007