Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: deserto-me
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de fevereiro de 2011

deserto-me

Atirado sobre a areia da praia descanso o corpo. Neste momento me vem à cabeça a ideia que a beleza do deserto é o silêncio e com este se compreende montes de coisas. Assim como a música é capaz de mudar montanhas de coisas. Contradigo-me na certeza de ter duplamente razão. Deserto de música. É essa a minha grande capacidade: não conseguir dizer uma única nota musical afinada. Por isso prefiro os silêncios. Mas gosto de ouvir música. Bolas para mim e mais uns quantos eus que não se entendem. 
Atiro-me de cabeça para o deserto de ideias e me deixo ficar no silêncio duma clave de sol que imagino estará amanhã como por aí deve estar hoje.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007