Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: hoje ensurdei-me em silêncios
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de março de 2011

hoje ensurdei-me em silêncios

Arrepios de frio, vento bate forte parece quer levar-me com ele, mas ele não sopra para sul mas sim de sul. Invernei-me num repente quando me mentalizei que ia receber o calor. Por isso amuei-me comigo e calei-me atrás dos vidros da janela que dá para lugar nenhum. Gritei-me até desaparecer a voz e mergulhei-me em silêncios mudos que me ensurdessem a alma.
Afinal é Sábado num pais do norte e não tive pachorra de acordar para gastar o dia com vida, gasto-o sornamente num silêncio surdo como o tempo.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007