Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: e eu disse não até dizer sim
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de abril de 2011

e eu disse não até dizer sim

Ainda não sei porque é que eu carrego no peito tanta saudade de ti. Eu sei que é encantador, bonito e tão cheio de esperança... mas que me entristece no momento de te pensar. Eu sei que é a minha gasosa, a minha força, o meu balanço. Eu sei que é única maneira que tenho de ter-te, neste momento, é no peito. Vou fazer mais como então? 
Me disseram acaba com isso e isso seria acabar comigo e eu disse não.
Me disseram afoga a saudade numa tina de esquecimento e eu disse não.
Me disseram que chorasse todas as lágrimas até sangrar e eu disse não.
Me disseram que o mar de lá já não é o meu mar e eu disse não.
Me disseram tanta fantasia e eu realizei-me de memória e disse que sim.


Sanzalando

3 comentários:


WebJCP | Abril 2007