Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: zulmarinho
recomeça o futuro sem esquecer o passado

16 de abril de 2011

zulmarinho


Não sinto necessidade de explicar o que te sinto.
Ninguém ia entender.
Não posso apagar o passado,
viver o presente,
danar-me para o futuro
se tu não estiveres presente na memória.
Dou-te a mão.
Dou-te um beijo.
Dou-te-me.

Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007