Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: um abraço
recomeça o futuro sem esquecer o passado

13 de junho de 2011

um abraço

Me sento num por aqui qualquer como quem não quer nem saber por onde anda quanto mais porque anda. Me atiro aos pensamentos arquivados numa ordem arbitrária porém não contrária à minha esperança e concluo que apenas eu preciso dum abraço mesmo que seja na forma de palavras. Mas a verdade é que por aqui reina o silêncio e descubro uma alma tatuada de cicatrizes. Porque me deu para rever pensamentos? Milhentas coisas para fazer, sonhos por sonhar, imaginações para criar - tudo onde tu estarias em plano primário e eu para aqui a lastimar a falta dum abraço mesmo que fosse em forma de palavras, essas que às vezes podem ferir mais que pedras e paus.
Atirado por um qualquer por aqui desconsigo esquecer-te e por isso bebo uma tropical goiabada com vontade de ter um abraço.


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007