Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vagabundo-me
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de junho de 2011

vagabundo-me

Vagabundo-me de pensamento em pensamento como quem nada tem de fazer. Procuro um que me valha a perna perder e assim percorrer-lhe todas as formas, feitios e desvarios. Costuma ser primeiro um ar de chuva e depois o arco-íris. O mesmo é com os pensamentos. Os primeiros que saltam à vista da memória são os pessimistas, os que doeram, sangraram a alma e por aí fora. Depois chegam os rostos lindos que com sorriso lindo me receberam, os olhos brilhantes que me olharam, o calor tórrido com que me abraçaram.
Mas eu vou conseguir ter os pensamentos sem ser por essa ordem, porque às vezes isso faz com que eu desista deles e me atrofie num marulhar de silêncios com sabor a sal.
Eu vou conseguir ter os pensamentos, os sonhos e as memórias em 3 D, num piscar de olhos, num estalar de dedos. Me deixa só olhar-te mais uma vez e acertar as ideias... sem ressentimentos. Na verdade já me partiram a cara, já me mentiram, já me ignoraram mas mesmo assim ainda estou em pé carregado de esperança.
Um dia o despertador vai tocar, eu vou-lhe olhar e vou. Simples que nem um pensamento


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007