Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sem sol
recomeça o futuro sem esquecer o passado

19 de agosto de 2011

sem sol

Me passeio na areia sentindo a falta de sol e até parece trago nos olhos os desencantos de outros tantos tempos passados. Desbrilhado o sol eu fico assim num entristecer fácil, num ficar longe do mais longe que eu queria estar, num desescolher do brilhozinho dos olhos feito de lágrimas caladas. 
Estar sem sol, sem o teu sol, é uma pressão que eu não sei nem aguentar nem esconder. 
Até que pode parecer fácil matar o tédio de um dia assim, mas a pressão me leva a dizer se a vida é assim eu vou fazer mais como se não só aceitar?







Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007