Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: porque te amo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de novembro de 2011

porque te amo

Olho no espelho retrovisor da vida e me estanco em pensamentos lineares. 
Voltava a fazer tudo na mesma e de igual forma. Sem tirar nem pôr. Depois eu ia querer tudo outra vez, esperar as eternidades, chorar quando o tivesse já feito, gargalhar quando era de gargalhar. 
Mas se calhar, e aí começavam as contradições, não abdicava de tanta coisa só por amor. O teu perfume, as tuas verdades, as tuas desilusões e ilusões, iam ser pesadas. Deviam ser. 
Afinal de contas custou muito tanta coisa junta.
Reolho o retrovisor da vida e repenso que mesmo custando tanto quanto custou, mais do que eu imaginaria, eu voltava a fazer tudo igual. Porquê?
Porque te amo!

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007