Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: uma manhã de nostalgia
recomeça o futuro sem esquecer o passado

23 de novembro de 2011

uma manhã de nostalgia

Me atiro no areal da nostalgia e disparo o olhar para a frente. Ainda há motivo para sorrir. 
Todas as manhãs dum amanhã. 
Eu sei que tudo é um temporário pretérito imperfeito lavado em lágrimas choradas em silêncios, gritos abafados pelo romper da madrugada, quarto minguante dum sonho que não cresceu e como tal não floresceu. 
Mas amanhã, noutra manhã, o sol vai brilhar, vai-me chegar para eu sentir, uma brisa suave do teu verão e a corrente de ar vai soprar num murmúrio que parece dizer que nos completamos. 
Espera só por uma manhã de amanhã.






Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007