Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: bassulei a tristeza
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de dezembro de 2011

bassulei a tristeza

Dei berrida na minha face triste e lhe coloquei uma nova de sorriso bassulado em olhos brilhantes. Olhando esse zulmarinho, me chegou uma voz que disse, ao ritmo das ondas, que eu para ser feliz dependo apenasmente de mim. Aí, me colei um sorriso nos beiços, afugentei a tristeza e segui a vida que não parou a me esperar. 
Me perguntei o que seria a vida sem pequenas contrariedades, sem uma lágrima chorada, sem um aí soluçado. E o mar me respondeu que é assim que se aprende a crescer.
Sorri, de lábios e olhos brilhantes, caminhei, saltei um muro, outro de seguida e um pouco cansado sorri novamente e disse-me que a este lado já tinha chegado. Falta só continuar porque um dia eu vou conseguir chegar ao lado que eu quero estar. É, o ar que respiro é mais importante que tudo o resto porque se eu não lhe respirar não poderei estar aqui sorrindo a vida numa tarde fria em que sonho calor.



Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007