Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: faz conta
recomeça o futuro sem esquecer o passado

20 de agosto de 2012

faz conta

Faz conta cheguei do planalto onde fui visitar a família, onde fui vagabundear ideias e outros copos nas festas da Serra.
Cheguei e disse-me bem vinda seja a saudade. E espero que com ela não chegue outra vez a dor. Toda a gente fala de dor, de lágrimas, de saudade, de amor malvado e traiçoeiro, da dor da distância e etecetras mais não sei o quê que já não me apeteceu decorar.
Cheguei e comecei a fazer drama até que me olhei e pensei que não vale a pena sofrer se não é para morrer e isso eu não quero ainda. Para sofrer tem de ser por sofrimento verdadeiro, não mais de faz de conta que um dia vai passar. Sei que não sei ver o futuro e não sei qual a dor que me vai matar, mas que seja outra e não esta.
Saudade não é dor. Vá lá, pode ser dorzinha, faz parte do sofrer normal.
Cheguei do planalto e o sol já faz de conta quer brilhar baçamente no céu.
Cheguei e não vou procurar dramas. Jamais. Apenasmente vou-me lembrar suavemente de ti em cada segundo que passa.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007