Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: subitamente palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de abril de 2013

subitamente palavras

Quem sabe algum dia voltarei a espreguiçar palavras que poderão voltar a ter significado, simbiose de virtudes e defeitos, ocas ou solidamente reconfortantes, subindo e descendo emoções como se fossem o yo-yo da vida.
Quem sabe eu tenho sentimentos que desconheces, saudades de ter saudades, nostalgias sem sentido? Quem sabe tu não sabes o que é uma carta de amor escrita por amigo que te gosta por seres amigo de letra grande?
Quem sabe que palavras soltas podem ser sonhos, certezas, fingimentos de correr por aí ao desconcerto das curvas da vida?
Subitamente dei comigo a escrever palavras espreguiças por um poema que recebi a me perguntar onde estou. Aqui que é em lugar nenhum por agora, travesseiro onde deito a cabeça a descansar e a sonhar com a saudade que te deixei de ter, por ter saudade de futuro.



Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007