Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vento em dia de sol
recomeça o futuro sem esquecer o passado

11 de maio de 2013

vento em dia de sol

Sopra vento em dia de sol que até parece assobia no meu ouvido. Hoje que eu queria silêncio, muito mar, muito azul, muito brilho para olhar, até o ar me engana, passa com barulho.
Hoje que eu queria ouvir os meus pensamentos, o baralhar das minhas palavras e ver os meus sonhos, catalogar as minhas ideias e enterrar os meus fantasmas, está vento que assobia.
Escrevi o meu nome num pedaço de jornal e o vento me tirou da mesa e não sei para onde fui naquele pedaço de papel. Alguém o vai apanhar e vai perguntar o que é isto e não vou poder responder porque eu estou em silêncio num pedaço de papel. Será que o vento vai assobiar mais naquela folha de papel agarrada por duas mãos meigas? Ou vai rasgar o meu nome em pedaços? Além de não ter silêncio ainda tenho dúvidas? Só porque faz vento num dia de sol.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007