Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: um dia não
recomeça o futuro sem esquecer o passado

24 de agosto de 2013

um dia não

Eu não preciso de datas especiais para dizer o tamanho do zulmarinho e do quanto ele representa para mim. Cada dia eu vejo o tamanho dele dentro de mim e o que ele aumenta. Só para te dizer, afim de ficares com mais conhecimentos, eu hoje acordei te vendo milhões de vezes maior que eras quando me deitei. Hoje tens mais um sorriso na tua essência, um fragmento da minha alma, um pedaço dos meus momentos de alegria e felicidade, as minhas lágrimas que chorei desde ontem, estão em ti.
Tu me unes ao outro lado e vais dissolvendo, felizmente muito lentamente, aqueles que me fazem ser feliz e por isso eu te agradeço o que fazes de mim ser uma pessoa melhor.
Zulmarinho, desculpa quando eu não te estou de feição para ti...
Um beijo ILDA.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007