Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Modo de Natal (3)
recomeça o futuro sem esquecer o passado

23 de dezembro de 2013

Modo de Natal (3)

E lá estava a família reunida, aquecida pelos animalescos bafos respiratórios, porque segundo me dizem nesse dia está sempre a nevar, mesmo em terras onde nunca caiu neve, preparando-se para comer o bacalhau cosido com todos, importa salientar que não faço a mínima ideia o que sejam todos e outros a comerem o perú recheado, que deve ser um animal muito raro que só há nesse dia, pois nos outros é mais bife do dito que se vê.
Mas dizia eu que estavam todos reunidos e decidiram que a partir daquela data todos os anos haviam de trocar presentes, mesmo que fossem repetidos e já não houvesse espaço em casa para mais.
Também ficou decido que naquele dia, assim como nos antecedentes e posteriordentes se poderiam comer muitos doces que não faziam mal, bem como os fritos. E para não haver confusão com natalidade até meteram um acento num dos doces e ficou filhós.
Nada de confusões que o espírito da quadra não é beligerante nem confusionante e por isso se enrolam estas palavras em lacinhos, sininhos e cintilantes luzes a imitar as estrelas da lua cheia num luar sem poluição.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007