Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: tem dias a dedo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

9 de dezembro de 2013

tem dias a dedo

Tem dias acho sou inverno, frio, chuva, neve, tempestade, todas essas coisas que precisam da tua primavera para sentir ser gente. Tem outros dias acho sou gente, mesmo que perdendo tempo e gente à volta, ganhando experiência e sabedoria da paciência.
Tem dias que apetece o silêncio e tem outros apetece sair daqui a gritar ao vento coisas sobre tudo e nada.
Tem dias tenho cara escondida atrás duma carranca e tem outros que até os olhos brilham de luz nenhuma.
Tem dias que não mexo mais que o respirar e outros que brinco numa festa alegre de ser dia mesmo que noite seja.
Tem dias em que me entristece a minha maneira de ser e outros que acho seria impossível de ser doutra maneira.
Tem dias que se seguem a dias que não deviam ter existido e tem outros que nunca deveriam acabar.
Só falta mesmo eu conseguir adivinhar os dias em que seja dia de eu meter o dedo onde não sou chamado, mesmo sabendo que o podia meter em qualquer lado mais apetecível.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007