Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: arrisco
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de janeiro de 2014

arrisco

Ganhas-me ao detalhe e não sabes.

Se calhar nem desconfias que chegaste no momento certo. Eu já estava do lado de lá sem saber vir para cá, sem ter vontade de voltar. 
Não vou pedir que fiques. Imploro.
Mesmo que o futuro seja cheio de incertezas, mesmo que o duradoiro seja um instante. Imploro.
É um pedido egoista.
Eu quero estar na ponta da tua mão.
Eu quero estar na origem do teu sorriso.
Eu quero ter tudo o que posso perder num instante.
Arrisco.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007