Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: dose certa quem sabe?
recomeça o futuro sem esquecer o passado

5 de fevereiro de 2014

dose certa quem sabe?

Mesmo sabendo a dose certa a gente erra. 
Como não vai errar se a gente não sabe nem como dizer AMOR sem parecer um parvo? Como é que a gente vai garantir que não vai morrer de ciúme só porque a ainda não morreu?
Por questão de dúvida me sentei a pensar e julguei que me afastando da vulgaridade eu me pudesse escapar ao destino. Errei.
Na verdade a vida me lixa mas eu e ela nos vamos dando bem. Até posso dizer que me tem trazido muita coisa boa e eu devia estar caladinho. Mas eu sou agradecido e por isso, mesmo no meu jeito sem jeito de errar, eu digo obrigado à vida por a ter feito cruzar na minha vida na sua forma de ser tal qual é.
Mesmo sabendo a dose certa a gente erra e eu não gosto de ser moldado pelas solidão. 
Te gosto, pá!



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007