Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: e eras tu
recomeça o futuro sem esquecer o passado

27 de fevereiro de 2014

e eras tu

E eram novecentas mil, dizias e só contei uma que eras tu.

E aos poucos a vida foi ganhando caminho, o sorriso foi-se abrindo como se uma flor crescesse num imaginário jardim, por mais bôbo que pudesse parecer.
Olha só mesmo para mim e se eu te provocar é porque gosto mesmo de ti, mesmo que não seja sempre o forte no tempo todo.
E eram noventa mil, dizias e só contei uma que eras tu.
E aos poucos fui-me habituando a ouvir a tua voz mesmo quando não estás aqui e posso dizer-te que sinto-me bem e sem segredos ou outros tantos medos.Olha só para mim e não vês mais chorar o pior dos choros que é chorar para dentro.
E eram nove mil, dizias e só contei uma que eras tu.
E muito depressa eu fecho os olhos e o meu coração sorri e te ouço dizer que é por ti.
E era só uma, dizias e eras tu.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007