Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Mudei-me no dia
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de fevereiro de 2014

Mudei-me no dia

Fui ao sabor do vento frio e enquanto tremia delirava palavras sem nexo. Era dia de ser diferente. Cumprimentei desconhecidos, corri atrás de crianças como se estivéssemos a brincar, conversei com o velho da esquina, dei flores a quem passava.
Disse bom dia e boa tarde. Pedi licença, desculpas, agradeci.
Com pequenos nadas mudei o meu dia e depois te dei um abraço e sorrimos num modo de ser feliz para um sempre qualquer.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007