Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: o mundo não é meu
recomeça o futuro sem esquecer o passado

21 de fevereiro de 2014

o mundo não é meu

Em sonhos ou apenas na imaginação já percorri o mundo. Acho lhe dei voltas num interminável ponto sem retorno já que conclui que o mundo não é meu. Deixei de remar contra a maré e de dar murros em pregos. O que tem de ser vai ser, mais tarde ou mais cedo.
Em sonhos sonhei e na imaginação imaginei, mas o mundo não é meu.
Mas não desisti e aos pouco resconstrui o MEU mundo: cresci para esse mundo que não é o meu, apenas porque encontrei, pelo menos agora acho, a outra metade da minha alma. Foi por isso que todos os outros amores se foram, por isso todos os outros desencontros aconteceram. É assim que esse mundo funciona. Mas não o posso mudar porque não é meu.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007