Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: praia de inverno
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de fevereiro de 2014

praia de inverno

Me olha só assim nesta ventosa praia de inverno feito sol tímido soprado por brisa. Consegues ver o poço de poesia em que afogo as minhas lamentações, em que me sufoco com palavras mal ditas e malditas palavras? Consegues imaginar o que o meu silêncio pode matar-me por prender as muitas palavras afiadas que nem lâminas?
Me olha só nesta praia ventosa de inverno deambulando como a procurar-te e ao teu sorriso afim de poder dizer-te todas as palavras sorridentes que tenho na alma.
Me procura para irmos beber um café da manhã e me dizeres o quanto te sou importante.
Tens olhos e paciência para mim?
Então vamos caminhar juntos nesta praia de inverno em que o sol brilha timidamente soprado por uma maresia que nos perfuma.
Hoje te digo um poema de amor ao ouvido:
Coração...
...
... te amo!


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007