Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sonhar-te
recomeça o futuro sem esquecer o passado

8 de fevereiro de 2014

sonhar-te

Era meio da noite quando abri os olhos e te vi ali a dormir profunda e tranquilamente. Ia jurar que te vi a sorrir e ali fiquei a observar-te. Os teus cabelos soltos espalhados pela almofada faziam-te ainda mais linda aos meus olhos, parecia brilhavam no escuro do quarto. 
Pensei acordar-te e dizer-te o quanto te gosto.
Pensei sonhos futuros.
Pensei apenas olhar-te.
Era meio da noite, eu não tinha que fazer, se não sonhar-te.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007