Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vou por aí
recomeça o futuro sem esquecer o passado

10 de fevereiro de 2014

vou por aí

Sentado na beira do passeio, não acredito em tudo o que penso. Deixo-me divagar por lugares e por gente. Deixo-me ir ao sabor do vento que sopra, umas vezes parece brisa outra tornado, furacão ou apenas vento só assim ele mesmo.
Já não corro porque me segues ao lado, mesmo que às vezes eu pareça estar sozinho. 
Sentado na beira do passeio me deixo levar pelas boas ideias que tivemos e sonho com as que um dia teremos.
Sentado, ao vento, ao teu lado, vou por aí.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007