Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: o que sei
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de março de 2014

o que sei

Só de te ver sorrir eu consigo chegar ao céu e a saudade me abraça se não te vejo. 
Eu sei que uso as palavras sem pedir licença, desculpas ou por favor. Sei que as uso sem dizer obrigado e sem as polir. Sei que as não protejo do sol, vento ou chuva. 
Só saber que podes estar a sorrir eu sinto saudade sorrindo.
Eu sei que prefiro as palavras de mãos dadas às palavras caladas nos silêncios de medo ou apenas receio. Eu sei que as uso como carícias, massagens ou tantas vezes como lágrimas.
Só saber que que te conheci pelas palavras choradas e vazias de alma me faz sentir saudade de te olhar nos olhos e respirar fundo na calma dos céus inacreditáveis, descruzar os braços e não me esconder na máscara da rudeza que não tenho.
Eu sei que sorriste e disseste muito no silêncio do teu canto.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007