Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: soletro certezas
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de março de 2014

soletro certezas

Soletrei palavras em silêncio como que a contar-me uma estória para mais tarde me lembrar das coisas, das pessoas e das épocas. Escolhi palavras fáceis de decorar em estórias fáceis de contar. 
Por agora  me lembro dos velhos chinelos feitos de pneu, da menina que conheci parece foi ontem, da paixão que me bateu quando, eu acho, estava distraído a sofrer da vida e sem dar conta sorri o sorriso que trago.
Soletrei palavras simples de silêncio calado para me lembrar mais tarde que na vida tudo passa mas duas certezas ficam: o tempo pode atropelar o coração e eu não terei tempo para ver quem me atropelou,  ao mesmo tempo que sei que a vida continua mesmo que eu esteja apenas a sobreviver.
Soletrando palavras caladas eu decorei todos os momentos em que o meu coração foi trucidado, doeu ou sangrou de lágrimas choradas. 
Hoje eu apenas recordo todas essas palavras, transpirando sorrisos como que a ler a segunda certeza, com a certeza que hoje vivo.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007