Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: ausento-me de mim
recomeça o futuro sem esquecer o passado

22 de abril de 2014

ausento-me de mim

Deitado na rede de quem faz nada, numa meia tarde de tempo quente, quando poderia estar a fazer outras mil coisas por ai, dificilmente é por cansaço mas na verdade é que me apetece estar deitado neste momento a saborear o tempo do silêncio, sem música, sem luz e sem ruído e quem sabe sem memórias para recordar. 
Vais ver ver é o lugar que encontrei para desistir sem ter assistência e ninguém perceba, é o momento marcado pelo destino de parar e fazer coisas escondido de mim.Vais ver é o momento de mais tarde acordar e rejuvenescido viver-te


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007