Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: peso e medida
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de abril de 2014

peso e medida

Mais cedo ou mais tarde eu sabia tinha de pesar as palavras. Ou será antes medir as palavras? Hoje eu vou medir ou pesar as palavras. Hoje eu não vou gastar as minhas palavras simples a falar de amor. É, hoje não vou descarregar silenciosas palavras sobre nostalgia, dores de alma, incêndios de coração nem as derreter em lágrimas choradas nas ásperas curvas da vida. Hoje eu vou arranjar uma balança ou um velho metro de madeira como tinham nas lojas antigas que vendiam a popeline a metro ou as fitas de chita, para pesar ou medir cada palavras que eu pensar.
Com as palavras bem medidas, algumas também pesadas, eu declaro que estou cansado dos dias iguais, de me afastar dos amigos, de inventar desculpas para me sentir mais leve de consciência.
Com as palavras bem pesadas, algumas também medidas, declaro que deixo o coração bater da maneira que ele quer, como quer e com quem quer. Com as minhas palavras, medidas e pesadas, caminharei sorrindo em direcção ao futuro.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007